A Quinta

A Quinta de la Rosa está na posse da família Bergqvist desde 1906, quando na altura foi oferecida como prenda de baptismo a Claire avó de Sophia. No entanto, sobre o nome de Feuertheerd, já está presente no Douro desde o ano 1815 como um exportador de portos. Neste momento possui cerca de 55 hectares de terreno com vinha e produz cerca de 80.000l de porto e cerca de 300.000l de vinho de mesa por ano.

Albert, o pai de Claire ficou à frente da empresa e foi um dos primeiros exportadores a produzir um Single Quinta, um vinho do porto unicamente com uvas da Quinta de la Rosa.

Albert foi também o responsável pela construção das vinha do Vale do Inferno com os seus impressionantes muros de xisto, dos mais altos do Douro. Construiu também uma adega com 8 lagares que lhe possibilitou comprar uvas a produtores locais e produzir vinhos do porto na la Rosa, conseguindo assim controlar a qualidade na produção numa altura em que praticamente todos os portos eram produzidos por pequenos agricultores.

Infelizmente Albert passou por dificuldades durante a Grande Depressão e a empresa Feurtheerds, teve que ser vendida e foi assim adquirida pela Barros. No entanto a Quinta de la Rosa continuou na posse da familia, passando a ser gerida por Claire. Foi tomada a decisão de tornar a quinta numa produtora de fruta, vendendo as suas uvas para empresas como Croft e Sandeman. Em 1988, já sobre a gestão de Sophia e do seu pai Tim (Filho de Claire) foi recomeçado o negócio da família voltando a ser produzidos portos de alta qualidade sobre a marca Quinta de la Rosa.

No início dos anos 90, a família Bergqvist voltou a ser pioneira tornando-se num dos primeiros produtores de vinhos DOC no Douro. Desde então os nossos vinhos, tanto os tintos como os brancos, têm vindo a receber inúmeros prémios e são vendidos em alguns dos restaurantes e lojas de vinho mais conceituados por todo o mundo.

Desde 2002 estamos a trabalhar com o Jorge Moreira, um dos melhores enólogos em Portugal. Recentemente celebramos 30 anos desta nova aventura com o lançamento do nosso Tawny de 30 anos. Infelizmente, foi um ano também marcado pelo falecimento do Tim.

A Quinta de la Rosa está localizada no coração do Douro, junto às margens do rio e muito perto da vila do Pinhão numa zona de uvas de letra A (uvas com qualidade superior para a produção de vinhos DOC e vinhos do porto).

Clique na fotografia para ecrã inteiro.